25 de dezembro de 2013

Objetos astronômicos pouco conhecidos: Blazares

Na sequência da série "Objetos astronômicos pouco conhecidos", apresentamos os blazares.

Por: likeanerd

Reprodução/NASA

Na sequência da série “Objetos astronômicos pouco conhecidos”, apresentamos os blazares!

Os blazares são núcleos ativos de galáxias, cuja sigla é AGN em inglês. Isso significa que eles são formados por um buraco negro central supermassivo, com um disco de acreção (esverdeado na imagem acima) e um toro de gás e poeira (em laranja) em torno. Os blazares apresentam um alto grau de polarização devido ao seu campo magnético expressivo. Eles emitem fortemente em ondas de rádio e mostram rápida variabilidade na luminosidade.

No modelo unificado para AGNs, o blazar é visto na linha dos jatos emitidos (em cinza, na figura), ou seja, perpendicularmente ao plano do disco. Para outros ângulos de observação, as classes de AGN são diferentes, assim como as características do espectro.